26 de abril de 2019 Meu Apê

Confira 4 dicas para fazer um jardim vertical para apartamento

FONTE: -A +A
COMPARTILHAR:

Se você é do tipo de pessoa antenada com as tendências de decoração e que segue perfis nas redes sociais que publicam fotos e vídeos sobre o assunto, certamente já viu algo a respeito do jardim vertical para apartamento, não é verdade?

Afinal, cá entre a gente: além de trazer o verde para dentro do apê e deixá-lo mais bonito e acolhedor sem ocupar quase nada de espaço, ele contribui para reduzir o calor e a sensação de abafamento nos dias quentes, melhorar a qualidade do ar e, inclusive, reduzir o barulho que vem das ruas.

Para completar, ainda dá para cultivar não só plantas, como diversas ervas aromáticas (orégano, alecrim, tomilho etc.) para uso próprio — algo que é ótimo para quem gosta de cozinhar e receber os amigos. Ou seja, mil e uma utilidades!

Por isso, se você está se perguntando por que ainda não tem um jardim vertical, não se preocupe! Estamos aqui para ajudá-lo! Tanto é que, neste post, reunimos 4 dicas simples para criar esse cantinho e dar aquele toque pessoal ao lar. Ficou com curiosidade a mil para saber mais? Pois acompanhe!

1. Escolha a área do jardim vertical

Para começar, é importante escolher o local em que será montado o jardim vertical. Isso porque ele pode ser inserido não só nas varandas e sacadas do lar, mas também dentro dele (no corredor, no hall e na cozinha). Para tanto, leve em conta o ambiente que você mais usa, se há o interesse em complementar a decoração de um determinado cômodo e o quanto cada espaço recebe de iluminação natural durante o dia.

2. Utilize pallets

Para montar o jardim vertical não é necessário instalar nada nem muito menos partir para o quebra-quebra típico de obras. Nada disso! Tudo o que você precisa é de um estrado de pallet (desses que são encontrados em mercados e feiras, por exemplo) para fixar em uma das paredes do ambiente escolhido e voilà!

Feito isso, é só pendurar os vasos nos espaços dele com a ajuda de suportes com ganchos. Ah, dica extra: caso queira, você pode customizar o estrado, pintando-o, aplicando adesivos, revestindo-o com papel de parede, enfim, o que sua imaginação quiser. Use e abuse da criatividade!

3. Capriche na iluminação

Outra dica bem bacana é não abrir mão de uma iluminação diferente no jardim vertical para apartamento. Afinal, esse local merece um destaque especial, não é mesmo? Por isso, você pode colocar fitas LED, arandelas e até luminária pisca-pisca ao redor dele, especialmente aquelas de luz quente (amarelada) que são mais convidativas. Vai ficar um charme só!

4. Opte pelas espécies certas

Por fim, escolha as espécies certas para o jardim vertical de acordo com a área escolhida do imóvel para montá-lo. Por exemplo, se ele vai estar em um corredor, provavelmente não terá muita iluminação natural, certo?

Logo, é interessante que as plantas e as ervas possam ser cultivadas na sombra sem problemas. Do contrário, por maior que seja sua dedicação, elas não vão durar muito. Já em áreas abertas, como as sacadas, o ideal é ter espécies que, de fato, precisem de uma boa dose de luz solar todos os dias.

Como você viu, fazer um jardim vertical para apartamento não é nenhum bicho de sete cabeças! Ao contrário, você mesmo pode criar esse cantinho no seu lar e personalizá-lo ao máximo tanto com plantas ornamentais quanto com ervas aromáticas. Fica ao seu critério! Por isso, siga nossas dicas e monte o seu.

E se você quer mais dicas para embelezar o seu apê, já sabe: é só seguir a gente no Facebook, Instagram, Twitter, YouTube, Pinterest e LinkedIn!

COMENTÁRIOS:

E ai, o que achou?
Deixe o seu comentário!